Pesquisar este blog

Carregando...

24 novembro 2009

Educando para a Paz




Eu gosto muito de trabalhar com projetos. No colégio em que dou aulas, trabalhamos com projetos de dois anos. Este ano (2009) o tema é a PAZ.

Tivemos recentemente a Festa do Livro, onde valorizamos a leitura. Então trabalhei com meus alunos do 1°ano, e também apresentei com meus alunos do 5°ano a mesma poesia no dia das crianças. Funcionou com ambas as faixas etárias.

A poesia é muito linda, de autoria do Lalau. Ele conseguiu traduzir a paz de uma maneira tão simples e tão fácil das crianças entenderem, ou seja, de forma divertida.

Meus alunos leram e encenaram.Então vou compartilhar ela com vocês, e como fizemos a encenação.

Poesia da Paz - Lalau

1. Paz é como um suspiro leve e inocente, que a gente dá durante o sono. ( entra um aluno de pijama e travesseiro e dá um bocejo bem alto e exagerado)


2 . Tem a leveza de uma folha de outono. (entra um aluno e joga folhas secas na cabeça do amigo)

3. E a delicadeza de uma bolha de sabão. (o mesmo coleguinha sopra as bolhas de sabão no amiguinho)

4. É a gostosa sensação de quem termina a lição, (passa um aluno com vários cadernos e livros)

5 . Ou encontra um bichinho perdido. (passa um aluno fantasiado de um bichinho)

6. Ou visita um amigo. (dois amigos se encontram e se abraçam)

7. Paz é andar descalço onde tudo é verdadeiro e nada é falso. (passa alguém correndo descalço)

8. Onde tem paz, não tem criança pedindo esmola na rua. (uma criança vestida de menino de rua pede esmola a outra, mas ela lhe dá um abraço e chama para brincar)

9. Nem poluição escondendo a lua. (as duas crianças correm e tiram um pano preto de cima de uma menina vestida de branco simbolizando a lua)

10.Paz é futebol sem briga, pic-nic sem formiga. (as mesmas crianças jogam futebol e depois sentam em um pic-nic)

11.Cidade sem ladrão, não ter medo de injeção. (passa um policial levando o ladrão para que o médico lhe dê uma injeção. Após levar a injeção o ladrão dá um grito de: Aí!)

12. Vampiro sem dente, e o tristonho contente. (entra um aluno vestido de vampiro. Eu aproveitei um aluninho meu que estava banguelo! Rs)

13.Paz é colo de mãe e abraço de pai. (entram o papai e a mamãe e abraçam quem está lendo)

14.Outro dia quietinho num canto, olha só o que eu pensei: (a criança senta-se e faz cara de pensativo. Por trás um coleguinha coloca um cartaz em formato de balão e pensamento, com o dizer: A paz é tão, tão boa! Que deveria ser lei. )

E todos juntos dizem: Paz para todos.

Se for útil pra você fique a vontade para copiar. Beijão!

Nenhum comentário:

Compartilhe

Postagens mais acessadas

Visualizações de páginas da semana passada